domingo, 17 de janeiro de 2016

Observação de Aves na RPPN da UNISC em Sinimbu

          Seguindo o cronograma das saídas de observação de aves para o ano de 2016, iniciamos o ano com a primeira saída para a RPPN da UNISC em Sinimbu. Alguns integrantes passaram a noite na seda da RPPN juntamente com alunos da Biologia da UNISC que estavam fazendo um levantamento dos anfíbios na RPPN. Os participantes do Vale do Taquari saíram cedinho do Vale e chegaram por volta das 7h30min na RPPN.
          Iniciamos as observações ao lado da sede e depois seguimos para a estrada que dá acesso a sede. Foram cerca de 5 km de ida e volta. Ao longo do percurso escutamos e avistamos diversas espécies como Trogon rufus (surucuá de barriga amarela), Euphonia chalybea (cais cais), Philydor rufum (limpa folha de testa baia), Myiopagis viridicata (guaracava de crista alaranjada), Patagioenas cayennensis (pomba galega), Pachyramphus castaneus (caneleiro), Hemithraupis guira (saíra de papo preto), entre outras espécies. Chegamos na sede era perto do meio dia, então preparamos o almoço e descansamos um pouco. Após, seguimos para a trilha que leva até o riacho atrás da sede. Por causa da temperatura elevada do dia e da hora, fizemos poucos avistamentos. Quando chegamos ao riacho, percebemos que houve caça no local, pois encontramos penas de dois indivíduos, um Trogon rufus (surucuá de barriga amarela) e uma Leptotila sp.
          Infelizmente não fizemos lista de espécies, mas foram em torno de 50 espécies observadas no decorrer da observação. Ao final, nos despedimos dos estudantes de biologia que ficaram para terminar a pesquisa na segundo e seguimos para nossas respectivas cidades.

Integrantes do COA Vales na Observação na RPPN da UNISC. Fotografia de Gabriela Santos